您目前的位置: 首页» PORTUGUÊS» Cooperação Internacional

Cooperação Internacional

Em fevereiro de 2013, a delegação da UIBE, chefiada pelo reitor Prof. Doutor Shi Jianjun, deslocou-se a Portugal e nesta estadia, foi celebrada a assinatura de dois protocolos com a Universidade de Coimbra, um Acordo de Cooperação entre as duas Universidades e um outro Acordo de Intercâmbio de Estudantes.

No primeiro protocolo referido, com a finalidade de estabelecer uma cooperação académica, científica e cultural entre as duas Universidades nas áreas de Economia, Gestão e Relações Internacionais, ambas as Universidades concordam em desenvolver programas conjuntos visando prioritariamente aos seguintes aspetos: intercâmbio de estudantes; intercâmbio de membros do corpo docente e do quadro técnico de nível superior; participação em seminários e encontros académicos; elaboração de atividades conjuntas de pesquisa; atividades de intercâmbio cultural; participação conjunta em cursos internacionais.

No Acordo de Intercâmbio de Estudantes, as duas partes chegam a acordo sobre o funcionamento e os regulamentos relevantes em torno da execução do programa, no qual se destaca uma cláusula que a Universidade de Coimbra aceitará estudantes inscritos no terceiro ano da licenciatura de Língua Portuguesa da UIBE para frequentar, a tempo inteiro, o curso de Português para Estrangeiros, bem como para a frequência de outras unidades curriculares regulares lecionadas em língua portuguesa.

Em setembro de 2011, a primeira turma de português da UIBE foi para Portugal frequentar o curso anual na Universidade de Coimbra e todos os alunos obtiveram resultados frutíferos e experiências inesquecíveis. Em setembro de 2013, a segunda turma de língua portuguesa irá frequentar o mesmo curso na Universidade de Coimbra, ao abrigo do protocolo de intercâmbio de estudantes acima mencionado.

Em fevereiro de 2014, celebrou-se o acordo de intercâmbio de estudantes entre a UIBE e a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) do Brasil, em que afirmou que haverá, anualmente, um ou dois candidatos chineses do Curso de Português a ser envolvidos do programa de intercâmbio, com a isenção da propina oferecida pela FAAP.

 

Universidade de Coimbra

A Universidade de Coimbra (sigla: UC) é uma universidade localizada na cidade de Coimbra, em Portugal. É uma das universidades mais antigas ainda em operação na Europa e no mundo e a mais antiga de Portugal.

A sua história remonta ao século seguinte ao da própria fundação da nação portuguesa, dado que foi criada no século XIII, em 1290, mais especificamente a 1 de março, quando foi assinado em Leiria, pelo Rei D. Dinis I, o documento Scientiae thesaurus mirabilis, o qual criou a própria universidade e pediu ao Papa a confirmação.

Inicialmente confinada ao Palácio Real, a Universidade espraiou-se por Coimbra, modificando-lhe a paisagem, tornando-a na cidade universitária, alargada com a criação do Pólo II, dedicado às engenharias e tecnologias, e de um terceiro Pólo, devotado às ciências da vida. Estudar na Universidade de Coimbra é dar continuidade à história da matriz intelectual do país, que formou as mais destacadas personalidades da cultura, da ciência e da política nacional.

Hoje, a Universidade de Coimbra conta com oito Faculdades (Letras, Direito, Medicina, Ciências e Tecnologia, Farmácia, Economia, Psicologia e Ciências da Educação, Ciências do Desporto e Educação Física) e possui cerca de 22 mil alunos, abrigando uma das maiores comunidades de estudantes internacionais em Portugal, sendo a sua universidade mais cosmopolita .

Além disso, é o membro-criador do chamado Grupo Coimbra, uma rede de universidades europeias cujo objetivo é a colaboração académica entre elas.

Com mais de sete séculos, a Universidade de Coimbra conta com um património material e imaterial único, peça fundamental na história da cultura científica europeia e mundial. Um património que a UC candidatou a Património Mundial da UNESCO.

in  http://www.uc.pt/sobrenos/historia

e https://pt.wikipedia.org/wiki/Universidade_de_Coimbra, acedido a 30 de maio de 2013

 

FAAP

Gerações de executivos, artistas plásticos, arquitetos, advogados, engenheiros, publicitários, designers e cineastas, entre outros tantos profissionais, marcam a história de sucesso da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP). Reconhecida por sua tradição ligada às artes e pelo padrão de qualidade de ensino, a FAAP é hoje um dos grandes centros culturais do País, parte integrante do calendário de exposições e espetáculos e formadora de profissionais da mais alta competência.

A história da Fundação começa no início do século XX, quando o Conde Armando Alvares Penteado idealizava um centro cultural aglutinador de talentos do mundo das artes. Fundada em 1947, a partir de bens e terrenos doados em testamento pelo Conde para essa finalidade, a FAAP teve uma trajetória marcada pela incorporação de novas áreas de conhecimento além das artes. Desde então, aprimorou técnicas de gestão, ultrapassou os limites de São Paulo e se tornou um dos grandes centros de ensino nacionais.

A Diretoria Mantenedora da Fundação é composta por Celita Procopio de Carvalho, presidente do Conselho Curador, e Antonio Bias Bueno Guillon, diretor presidente. Aproximadamente 7 mil alunos se distribuem pelas seis faculdades da FAAP: Artes Plásticas, Comunicação e Marketing, Administração, Direito, Economia e Engenharia.

Além disso, cerca de 4,5 mil alunos freqüentam os cursos de pós-graduação e MBA no campus de São Paulo, localizado em Higienópolis, e nos campi do interior do estado - São José dos Campos e Ribeirão Preto - inaugurados em 2005. As ações educacionais e culturais também se estendem à capital federativa, Brasília, onde a Fundação mantém escritório. O Colégio FAAP, que conta com 350 alunos, complementa o processo educacional da Instituição, a partir de um Ensino Médio enriquecido com disciplinas como Criatividade, Empreendedorismo - que também fazem parte do currículo de todas as faculdades e cursos de pós-graduação da FAAP.

Em sua estrutura pedagógica, o Colégio FAAP oferece disciplinas ministradas em inglês e aulas complementares no período da tarde, que abordam cultura, artes, tecnologia, moda, fotografia, entre outras. Em 2010 foi anunciada a construção de uma unidade do Colégio FAAP em Ribeirão Preto, cujas aulas iniciaram com mais de 500 alunos.

Outra premissa da Fundação é estar sempre atualizada. Por isso, reestrutura seus cursos periodicamente para atender às demandas do mercado.

Soma-se a isso o diferencial único que é o de oferecer uma formação múltipla, em que o estudante tem a possibilidade de cursar, sem custos extras, disciplinas de outros cursos de graduação da FAAP. O objetivo é proporcionar o desenvolvimento de competências indispensáveis ao profissional de hoje, como versatilidade, visão ampla e capacidade de atuar em diferentes contextos.

A instituição possui ainda o Centro de Criatividade e Empreendedorismo com o objetivo de estimular os alunos a adotarem atitudes empreendedoras; e uma área de Gestão de Carreiras, focada em adequar perfis ao mercado e desenvolver habilidades necessárias para cada segmento de atuação.

Por acreditar no potencial dos seus alunos e ex-alunos, a Fundação prioriza a contratação de serviços terceirizados e fornecedores que tenham em sua liderança alunos ou ex-alunos, como incentivo ao desenvolvimento da carreira profissional.

Estrangeiros de diversas nacionalidades interagem com os  alunos da FAAP no campus de Higienópolis, por meio dos programas oferecidos pelo Departamento Internacionalização FAAP. Esta área concentra esforços na indicação, acompanhamento e celebração de convênios com importantes instituições internacionais. Atualmente, são 74 convênios bilaterais e multilaterais com mais de 380 universidades nos cinco continentes em mais de 50 países. Desde 2004, a FAAP promoveu o intercâmbio para mais de dois mil estudantes, entre os alunos que realizaram programas internacionais no exterior, e os estrangeiros que vieram para a Instituição. Hoje, conta com a presença de aproximadamente 400 alunos estrangeiros provenientes de 25 países, por ano.

A FAAP mantém também uma Residência Artística, concebida nos moldes da Cité des Arts, em Paris, que hospeda anualmente artistas de todo o mundo. Localizado no Edifício Lutetia, no centro de São Paulo, de propriedade da Fundação, o local vem se destacando internacionalmente por receber desde 2005 importantes artistas estrangeiros e brasileiros para o desenvolvimento de pesquisas e projetos, além de atividades de interação com os alunos.

in http://faap.br/imprensa/, acedido a 24 de dezembro de 2015