您目前的位置: 首页» PORTUGUÊS» UIBE

Visão Global

A Universidade de Economia e Negócios Internacionais(UIBE, na sua sigla inglesa), fundada no ano de 1951, é uma universidade multidisciplinar muito conceituada na China, tendo a economia, a gestão, o direito e a literatura como as suas principais áreas de especialização académicas. Desde a sua fundação, a universidade mantém-se firme ao seu lema:“Erudição, Honestidade, Persistência e Perfeição”, orientada pela diligência e inovação constantes.

Atualmente, a UIBE tem 15 Faculdades, 1 Centro de Estudos de Pós-Graduação e 1 Centro de Educação Física, oferecendo mais de 1440 cursos de licenciatura, 1000 de mestrado e 100 de doutoramento.

Em 1989, a UIBE tornou-se a primeira universidade na China a ter um Conselho Diretivo, cujos membros fazem parte do Ministério de Comércio e Cooperação Económica Exteriores (antecessor do Ministério do Comércio), de empresas estatais de comércio internacional, dos Serviços alfandegários, do Banco da China, da Companhia Nacional de Seguros e da Câmara de Comércio de Hong Kong. Li Lanqing, o ex-primeiro-ministro do Conselho de Estado, assumiu a presidência deste órgão, e foi sucedido no posto por Wu Yi, a ex-vice-primeira-ministra do Conselho de Estado.

A UIBE é pioneira no estabelecimento de parcerias internacionais e atualmente tem acordos com mais de 120 universidades estrangeiras e organizações internacionais.

 

Datas Importantes

1951 A UIBE foi fundada como Instituto de Comércio Exterior de Pequim, sob a liderança do Ministério de Comércio e Cooperação Económica Exteriores.

1954 O primeiro grupo de estudantes internacionais matriculou-se.

1960 A UIBE foi designada como uma universidade-chave pelo governo chinês devido aos seus excelentes programas académicos.

1984 A UIBE foi renomeada como Universidade de Economia e Negócios Internacionais.

1989 A UIBE tornou-se a primeira universidade na China a ter um Conselho Diretivo.

1997 A UIBE foi adicionada à lista de universidades do"Projeto 211", um programa governamental que se destina a transformar 100 universidades chinesas em instituições académicas de alta qualidade no século XXI.

2000 A UIBE fundiu-se com o Instituto de Finanças e Comércio Bancário da China e tornou-se uma das universidades sob responsabilidade direta do Ministério da Educação.

2010 A UIBE anunciou a criação da sua própria Fundação para a Educação, através da qual aceita doações.

2010 O Ministério do Comércio e o Ministério da Educação assinaram um acordo para apoiar conjuntamente a universidade.

 

Estatísticas Relevantes

Corpo Docente:

1014 professores de nacionalidade chinesa e 138 estrangeiros (incluindo 38 em tempo integral e 100 em tempo parcial)

Pessoal Administrativo:

685

Calendário Académico:

Dois semestres de 18 semanas e um curso de verão de um mês

Programas de Graduação:

Programas de Licenciatura - 39

Programas de Mestrado - 73

Programas de Doutoramento - 32

Número de Livros na Biblioteca:

1,600,000

Estudantes (Tempo Integral):

De nacionalidade chinesa - 8423 alunos de graduação e 4826 graduados

Estudantes estrangeiros - 3100 de 129 países

 

Empregabilidade dos Estudantes (até setembro de 2014):

Alunos de Graduação: 97,81%

Alunos de Pós-Graduação:99,22%

Parcerias Internacionais (até setembro de 2014):

200 memorandos de entendimento e acordos com 133 parceiros de 41 países e regiões.

Instituto Confúcio:

Até 2014, a UIBE estabeleceu sete Institutos Confúcio no Japão, Rússia, Grécia, México, Estados Unidos, Reino Unido e Brasil. Um novo já foi aprovado pela Comissão Internacional da Língua Chinesa (Hanban) para ser estabelecido no Malawi em 2014.

Doações Recebidas(até setembro de 2014):

Mais de 210 milhões de RMB

 

Programas Académicos

A UIBE oferece uma grande variedade de programas académicos de licenciatura, mestrado e doutoramento em economia, administração de empresas, direito e linguística. Cursos como Comércio Internacional, Direito Internacional Económico, Gestão de Negócios Internacionais e Inglês foram designados como programas-chave do "Projeto 211".

Além dos programas de licenciatura, a UIBE oferece também cursos de certificação profissional, de ensino à distância e de formação contínua de executivos, destinados aos funcionários governamentais chineses e estrangeiros, líderes empresariais e académicos.

 

Investigação

Desde a sua fundação em 1951, a UIBE tornou-se rapidamente líder da China em pesquisa e ensino de economia e comércio internacionais, agindo como um íman para os melhores especialistas em economia e finanças na China. Hoje, a UIBE possui mais de 80 institutos e centrosde investigação.

A UIBE trabalha ativamente em conjunto com ministérios, empresas públicas e privadas e organizações internacionais. Os seus parceiros incluem a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), a Organização Mundial do Comércio (OMC), a União Europeia (UE), o Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) e o Fórum Boao para a Ásia (BFA).

A UIBE organiza anualmente cerca de 30 simpósios e seminários internacionais, publica centenas de livros, manuais, materiais multimédia, teses e periódicos. Entre 2006 e 2011, o corpo docente da UIBE publicou 1110 livros e 5210 artigos.

 

Cooperação e Intercâmbios Internacionais

A UIBE atribui grande importância à cooperação e intercâmbios internacionais.Estabeleceu parcerias formais com mais de 120 universidades estrangeiras e organizações internacionais. Em colaboração com os seus parceiros, a UIBE incentiva ativamente o diálogo entre os estudantes chineses e estrangeiros através de uma miríade de intercâmbios culturais e programas académicos no exterior, a fim de preparar os alunos para o mercado global. Em 2011, mais de 600 alunos da UIBE participaram em intercâmbios no exterior.

 

Estudantes Internacionais

Ao receber o seu primeiro grupo de estudantes internacionais em 1954, a UIBE foi uma das primeiras universidades na China a abrir as portas aos estudantes estrangeiros. Hoje em dia, a UIBE recebe estudantes internacionais oriundos demais de 125 países.

 

Recursos e serviços pedagógicos em língua e cultura

A UIBE alberga o Centro Internacional de Desenvolvimento de Ensino e Recursos do Chinês de Negócios(Pequim), que sob a liderança do Instituto Confúcio(Hanban), promove ativamente o ensino da língua chinesa no exterior, treina leitores, publica manuais bem como materiais digitais(e-teaching), organiza atividades interculturais, conferênciase seminários dentro e fora da China e funciona como centro de certificação da língua chinesa HSK e BCT.

A UIBE alberga também o Centro de Pequim, um centro de  investigação criado principalmente para estudantes e académicos americanos. O centro tem a maior coleção de livros em inglês sobre a China na cidade de Pequim.

 

 Vida no Campus

Bolsas e Auxílios Financeiros

A UIBE presta apoio aos seus alunos através dos Serviços Académicos bem como os Gabinetes de Apoio aos Estudantes, de Desenvolvimento Profissional, de Empreendedorismo e Inovação e ainda a Associação de Estudantes.

Cada ano, a UIBE atribui milhões de RMB em bolsas de estudo e auxílios financeiros para estudantes chineses e estrangeiros. As bolsas de estudo atribuídas aos estudantes internacionais provêm do governo central chinês, do Município de Pequime da própria UIBE.

 

Localização e atividades estudantis

Localizadano distrito de Chaoyang, um dos centros financeiros mais dinâmicos e internacionais do Município de Pequim, a UIBE oferece aos seus alunos a oportunidade de participar ativamente em atividades interculturais e mergulhar no mundo dos negócios internacionais por forma a promover a sua autonomia e consciência multicultural.

 A UIBE estabeleceu 77 clubes abertos aos estudantes chineses e estrangeiros, que organiza centenas de programas e conferências multiculturais no campus, incluindo o Festival Internacional da Cultura, o Fórum dos Embaixadores e a Semana da Aldeia Global. Todos os anos, a UIBE convida centenas de líderesde governos e organizações internacionais, catedráticos de renome e gerentes de empresas multinacionais para dar palestras e seminários sobre questões globais.

 

Reputação e Alumni

Desde a sua fundação que a reputação da UIBE como centro de formação de altos funcionários do Ministério do Comércio sob a liderança do governo chinês se tem vindo a consolidar. Os alunos formados na UIBE desempenham papéis importantes nos ministérios e serviços alfandegários chineses, nas empresas financeiras chinesas, em empresas multinacionais, embaixadas, outras universidades e organizações internacionais como a OMC, o FMI eo Banco Mundial.

 

Alguns dos alumni notáveis

Lin Jianhai, secretário do Fundo Monetário Internacional (FMI), nomeado em março de 2012.

Shi Guangsheng, ex-ministro do Ministério de Comércio e Cooperação Económica Exteriores.

Zhou Wenzhong, ex-embaixador chinês para os Estados Unidos.

Gao Xiqing, principal executivo da Corporação para o Investimento da China (CIC).

Zdzislaw Goralczyk, ex-embaixador polaco para a China.

 

Contacto

Universidade de Economia e Negócios Internacionais, Huixin Dongjie Nº.10, Distrito de Chaoyang, 100029, Pequim, China.

Fax: +86(10)64493860

Homepage: www.uibe.edu.cn

Página para os alunos estrangeiros: www.uibe.cn